VIAS OBSESSIVAS E FATOR MOTIVACIONAL

Obsessão, segundo o espiritismo, seria uma influência de supostos seres imateriais que influenciariam as pessoas devido aos seus pensamentos impuros. Os adeptos desta religião acreditam que a obsessão pode causar doenças físicas e psíquicas.

Segundo Allan Kardec, o codificador do espiritismo, seria o domínio que alguns espíritos logram adquirir sobre certas pessoas. Nunca é praticado senão por espíritos inferiores que procuram dominar o obsediado.É a ação persistente que um espírito mau exerce sobre um indivíduo. Apresenta caracteres muito diversos, desde a simples influência moral, sem perceptíveis sinais exteriores, até a perturbação completa do organismo e das faculdades mentais.

Na obra de Suely Caldas Schubert "Obsessão e Desobsessão" temos as formas como a obsessão se expressa:

Encarnado para Encarnado: Quando a obsessão é decorrente entre encarnados, e isso é muito mais comum do que se pensa, um exemplo disso é quando acharmos que o outro nos pertence ou que é o nosso objeto de manipulação apresentando através dos exageros do ciúmes, da raiva, do ódio, da posse, etc…

Deseencarnado para Desencarnado: Ocorre entre desencarnados, e é muito comum em caso de perseguições espirituais de algozes que lhe fizeram mal enquanto ambos estavam encarnados e que um consume paixões inferiores em relação ao outro.

De Encarnado para Desencarnado: Acontece quando um encarnado assedia um Espírito desencarnado, como pode ocorrer quando perdemos um ente querido, quando não o deixamos ir, e com pensamentos e sentimentos de baixa vibração prejudicamos a sua passagem e evolução. Ocorre também quando vemos um ente querido que achamos que é um santo e o solicitamos a sua presença constantemente.

De Desencarnado para Encarnado: Ocorre quando um desencarnado busca influênciar um encarnado. Um exemplo disso, são as obsessões simples, subjulgações, etc… É natural que muitos espíritas só conheçam esse tipo de obsessão, mas isso ocorre quando somos invigilantes para nos deixar envolver pelos próprios vícios ou quando fazemos mal a alguma pessoa que agora se encontra no plano espiritual com raiva de nós.

Da Obsessão Recíproca: É quando ocorre a obsessão recíproca, ou seja, da vítima que também o obsessor, isso pode ser em qualquer um dos tipos de obsessão citado acima. 

Da Auto-Obsessão: É a própria obsessão, quando somos obsessores de snós mesmos, sem qualquer tipo de influência espiritual ou de encarnados, é muito mais comum do que se pensa, pois muitas vezes logrado o status de obsedados por Espíritos, mas que na realidade, somos nós mesmos que nos colocamos em situações de vibração inferior e nos auto-obsessadamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *