PORQUE KARDEC NÃO DISSE TUDO?

"UNIÃO SEM FUSÃO SEPARAÇÃO SEM DISTINÇÃO" por Pai João de Aruanda

 

Princípios do Básicos e Avançados do Universalismo

Os princípios básicos são:

I- O amor ao próximo como a si mesmo buscando cultivar as virtudes crísticas de forma verdadeira e incondicional refletindo diretamente o amor do próprio Criador.
II- A crença na reencarnação do espírito e do carma, pois sem esses princípios não existe justiça divina.
III- A busca incessante pela sabedoria espiritual aliada ao progresso filosófico e científico com o objetivo de promover a evolução integral da humanidade.

Os princípios avançados são:

I – A compreensão profunda e verdadeira do amor;
II – O pleno desenvolvimento pessoal através da busca do autoconhecimento;
III – A compreensão do modo de pensar de nossos semelhantes, com o objetivo de aceitá-los com mais tolerância

Além desses pilares principais, o Universalismo Crístico deve ser norteado por duas premissas fundamentais:

I – A primeira é a lei do amor. Tudo que foge da maior das virtudes deve ser descartado, pois não provém de Deus.
II – A segunda é a busca da verdade. Jesus nos ensinou: Conhece a verdade e a verdade te libertará. A verdade está onde estão o bom senso e a lógica.

O Universalismo Crístico é principalmente uma ação individual que visa o coletivo. A aceitação do outro, mas com respeito e diálogo, pois ao final, compreenderemos que somos todos células de um mesmo corpo: a humanidade.

Hermes Trimegistro fonte http://universalismocristico.com.br/apresentacao/preceitos-do-uc/

Regra Áurea das Dez Grandes Religiões do Mundo:

Cristianismo:
” Tudo quanto queres que os outros façam para ti, faze-o também para eles…”

Confucionismo:
” Não faças ao outros aquilo que não queres que eles te façam. ”

Budismo:
” De cinco maneiras um verdadeiro líder deve tratar seus amigos e dependentes: com generosidade, cortesia, benevolência, dando o que deles espera receber e sendo tão fiel quanto à sua própria palavra.”

Hinduísmo:
” Não faças aos outros aquilo que, se a ti fosse feito, causar-te-ia dor.”

Islamismo:
” Ninguém pode ser um crente até que ame o seu irmão como a si mesmo ”

Sikhismo:
” Julga aos outros como a ti mesmo julgas. Então participarás do Céu. ”

Jainismo:
” Na felicidade e na infelicidade, na alegria e na dor, precisamos olhar todas as criaturas assim como olhamos a nós mesmos. ”

Zoroastrismo:
” A Natureza só é amiga quando não fazemos aos outros nada que não seja bom para nós mesmos.”

Taoísmo:
” Considera o lucro do teu vizinho como teu próprio e o seu prejuízo como se também fosse teu. ”

Judaísmo:
” Não faças ao teu semelhante aquilo que para ti mesmo é doloroso. ”

Fonte:
Livro O Evangelho a Luz do Cosmo
Editora do Conhecimento

 

3 respostas em “PORQUE KARDEC NÃO DISSE TUDO?”

Gostei das concepções de Deus em que você citou Moisés – Deus é “Justiceiro” , Jesus – Deus é “Amor”, Kardec – Deus é “Razão”, Nova Era – Deus é “Consciência”, muito esclarecedor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *