ETERIATRIA E DIALIMETRIA

Dialimetria é uma forma de tratamento do corpo físico que conjuga energia magnética de origem mental (talvez em forma de "força vital") com energia de alta frequência vibratória proveniente da imensidão cósmica, convenientemente modulada e projetada pela mente do operador sobre o atendido.

Para bem compreender no que consiste a dialimetria, basta considerar os estados da matéria. Em estado natural, por exemplo, a água é líquida: moléculas afastadas umas das outras e permitindo extrema mutabilidade de forma. Se congelada, solidifica-se: moléculas justapostas. Mas, evaporada por ação do calor, transforma-se em gás; as moléculas se afastaram tanto que a água perdeu a forma.

Assim o corpo ou a área visada se tornará plástico e maleável por alguns minutos; as moléculas afastadas umas das outras na medida da intensidade da energia que lhes foi projetada. O processo inicia no corpo etérico e, se empregada suficiente energia radiante, se refletirá no corpo físico.

Eteriatria é a técnica de tratamento do corpo etérico ou a medicina do corpo etérico, sua constituição, propriedade, fisiologia e interrelações com o corpo físico e astral. Assim como a medicina clássica trata do corpo físico, a eteriatria trata da dimensão energética (corpo etérico).

Projeta-se energia e comando para a diminuição da coesão molecular do corpo do atendido.

"Coesão" é definida genericamente, como a propriedade que têm os corpos de manter estável a sua forma, desde que não sujeitos à ação de forças deformantes. Resultado das forças atrativas entre moléculas, átomos ou íons que constituem a matéria. Faz-se contagem firme em que os pulsos são pausados, porém carregados de energia. Repete-se a contagem duas ou três vezes, até que seja quebrada a coesão molecular.

O corpo físico não acusa a menor mudança de forma, nem de textura. Mas o corpo etérico se torna mole, menos denso, pronto a receber tratamento. Sensitivos videntes logo registram o fenômeno, assim como os médicos desencarnados que estão tratando o doente (os médicos astrais imediatamente se valem da nova situação para intervir mais profunda e facilmente no corpo astral e mesmo no corpo etérico, tratando-os).

Ao mesmo tempo em que interferimos na coesão molecular do corpo físico e etérico, projetamos energia de cor verde efervescente para dissolução das compactas massas de energia de baixa frequência vibratória- quase sempre de coloração escura – sobre o corpo etérico, energias estas que estão, muitas vezes, na raiz da enfermidade. Em seguida copiamos células padrão dos órgãos lesados e reconstruímos os mesmos. Após isso aplicamos energia ultra-violeta, para magnetizar os órgãos reconstruídos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *